Sarandi violenta

Enquanto os vereadores, prefeito e vice de Sarandi “se matam” em brigas políticas, a segunda maior cidade da região de Maringá volta a ser a mais violenta – estigma que carrega desde sua emancipação e que os políticos não conseguem (ou não se esforçam para) mudar. Com o homicídio ocorrido no final de semana, Sarandi iguala o número de assassinatos registrados este ano em Maringá; são sete para cada cidade.
A diferença, dolorida para os sarandienses, é que eles somam 84.651 habitantes, de acordo com o IBGE, enquanto os maringaenses somam uma população estimada em 335.511 pessoas.

Advertisement
Advertisement