Em três anos, a mesma estimativa de preço

Da briga entre Requião e Paulo Bernardo: pela manhã o governador indicou esta matéria, produzida ontem pela Agência de Notícias do governo estadual (“Documentos mostram que ferrovia menos da metade do apontado por ministro”), e logo depois o ministro do Planejamento apontou outra reportagem, produzida pela mesma agência, em fevereiro de 2007 (“Paraná quer incluir trecho ferroviário no PAC”). Nos dois links, o custo do trecho é em torno dos R$ 500 milhões. Cadê o superfaturamento?

Advertisement
Advertisement